Pubs, fish and chips

Pubs, fish and chips
“I am lonely in London without fear”.

Para terminar meus posts sobre meu pit stop em Londres em setembro (2013), não podia deixar de falar sobre os pubs londrinos. Não sou de beber muito, gosto de um bom vinho; as cervejas, em geral, despertam minha enxaqueca crônica rapidinho, só a boa “Original” não deixa isso acontecer.
Mas os pubs londrinos não servem só para quem gosta de uma pint de cerveja, mas para quem quer almoçar, jantar, tomar um lanche, uma taça de vinho, fazer uma boa parada depois de um dia longo de sightseeing e até para tomar um bom café-da-manhã depois de um voo de 12 horas São Paulo-Londres.
Foi o que aconteceu comigo na minha chegada em Londres. Cheguei no hotel por volta das 9h da manhã e, logicamente, o check-in só era às 14h. Dei uma choradinha e o gerente (indiano, of course), ao ver meu cansaço, disse que ia tentar liberar o quarto até meio-dia, mas enquanto isso, eu podia/devia deixar as bagagens e dar uma volta.
A região de Paddignton está repleta de pubs e cafés, quase todos abrem depois das 9h/10h e foi em um desses que parei para tomar um bom café, provar um toast com presunto parma e coisas do gênero. A ideia era que tudo fosse lento, meu corpo e minha cabeça só queriam uma boa cama e nenhuma emoção por umas boas horas.
Foi também em um desses pubs da região que fiz minha última refeição da viagem: o tradicional “fish na chips”!
dickenstavern1sawersfishandchipscaskale

No meu segundo dia em Londres, fui fazer uma longa caminhada ao longo do Rio Tâmisa e não resisti, tirei mais fotos de pubs lindinhos e de uma região que ferve no final da tarde e à noite: Gabriel´s Wharf. Cheguei ainda cedo lá, mas foi bom para ver o lugar sendo preparado para o agito.
À noite, fui a um show de jazz no Café in the Crypt (dentro da igreja Saint Martin-in-the-Fields). Depois voltei lá para almoçar com uma amiga, mas o menu da noite era bem mais interessante.
Saudades de andar, parar, comer e vagar por Londres!
oldthamestheanchorluanchorwagamama1wharf2wharf301_CAFEcryptyellow

Só para terminar “mesmo”, hoje já não curto Caetano Veloso como antes, mas a letra e melodia de “London, London” não poderiam ser mais fieis à capital britânica.

London, London (Caetano Veloso)
I’m wandering round and round, nowhere to go
I’m lonely in London, London is lovely so
I cross the streets without fear
Everybody keeps the way clear
I know no one here to say hello
I know they keep the way clear
I am lonely in London without fear
I’m wandering round and round, nowhere to go
While my eyes go looking for flying saucers in the sky
Oh Sunday, Monday, Autumn pass by me
And people hurry on so peacefully
A group approaches a policeman
He seems so pleased to please them
It’s good at least, to live and I agree
He seems so pleased, at least
And it’s so good to live in peace
And Sunday, Monday, years, and I agree
While my eyes go looking for flying saucers in the sky
I choose no face to look at, choose no way
I just happen to be here, and it’s ok
Green grass, blue eyes, grey sky
God bless silent pain and happiness
I came around to say yes, and I say
While my eyes go looking for flying saucers in the sky

Anúncios